COTAR PLANO DE SAÚDE

Até 30%OFF em um NOVO PLANO!

Para você, sua família ou empresa.

COTE SEM COMPROMISSO!
Descubra o melhor plano para você ou sua família

Nome:

Publicidade

Plano de saúde infantil

Se você tem filhos sabe como é importante contar com um plano de saúde infantil para mantê-los protegidos e amparados, caso ocorram pequenos acidentes.

Na verdade, um convênio médico pode ser uma boa opção inclusive para recém-nascidos. Afinal, são necessários muitos exames e consultas médicas nos primeiros meses de vida para assegurar o desenvolvimento saudável.

Nesse sentido, é importante saber que se você tem um plano de saúde, o seu filho poderá utilizá-lo gratuitamente nos primeiros 30 dias de vida. Depois desse período pode ser interessante considerar a contratação de um plano de saúde infantil.

Geralmente, essa modalidade atende crianças desde o nascimento até os 18 anos, quando completam a maioridade. Aliás, a idade é um fator importante, já que é um fator que interfere no valor de planos oferecidos por algumas operadoras.

Vale a pena aderir um plano de saúde infantil?

Um plano de saúde infantil possui a mesma cobertura de qualquer outro, regulamentada pelo Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A diferença é que existem exames específicos para recém-nascidos, como: teste do pezinho, da orelhinha e do reflexo vermelho. Com um plano de saúde infantil você também poderá realizar acompanhamentos médicos e exames periódicos.

Por conta da quantidade de vacinas durante a infância, muitas operadoras não oferecem um programa de vacinação. Então, verifique essa informação antes de contratar o seu plano.

Outra questão importante é a carência, que também serão as mesmas quando comparadas a outro tipo de convênio. Sendo assim, é preciso aguardar 300 dias para consultar, internações e exames, 2 anos para doenças preexistentes e 24 horas para emergências e urgências.

São considerados casos de urgência e emergência situações de dor extrema, risco de lesões irreparáveis ou risco de vida. É importante ressaltar que, embora haja um prazo de 300 dias, grade parte das operadoras liberam os serviços de consultas e exames após 30 dias da contratação.

Portanto, um plano de saúde infantil pode ser uma boa opção para garantir mais segurança para a saúde dos filhos.

Qual é o melhor plano de saúde para crianças?

Durante a infância existe uma maior demanda de consultas e exames, por isso uma boa opção pode ser uma contração ambulatorial. Assim, a criança terá cobertura para consultas, exames e tratamentos.

No caso de planos hospitalares, a criança terá apenas a cobertura de internação hospitalar. Porém, caso queira se prevenir, opte pela opção ambulatorial + hospitalar, oferecida por algumas operadoras.

No momento da escolha, avalie também a rede credenciada e opte por clínicas e hospitais que tenham profissionais de sua confiança.

Além disso, pode ser mais interessante escolher um plano de saúde sem coparticipação. Embora tenha um custo menor, essa modalidade pode ser menos indicada quando o uso do plano é muito frequente, como é no caso das crianças.

Outra opção é escolher um plano de saúde e incluir a criança como dependente. Isso porque a ANS permite a inclusão de cônjuges, parentes de 1º ou 3º grau e parentes por afinidade, como enteados, sogros e padrastos, por exemplo.

Para incluir a criança no seu plano, é preciso apenas comprovar o vínculo. Na maioria dos casos, o filho poderá ser dependente até os 25 anos, dependendo da operadora.

Ficou mais fácil escolher o plano de saúde ideal? Para ajudar na sua decisão, faça uma cotação, gratuita e sem compromisso, em nosso site. Assim, você poderá comparar as opções e decidir com mais segurança.

Publicidade

Publicidade

PLANO DE SAÚDE PARA TODOS
OS PERFIS DE CLIENTES

PLANO DE SAÚDE PARA TODOS OS PERFIS
DE CLIENTES

Publicidade

OPERADORAS

Trabalhamos com as mais conceituadas operadoras de PLANO DE SAÚDE do mercado.

LOCALIDADES