COTAR PLANO DE SAÚDE

Até 30%OFF em um NOVO PLANO!

Para você, sua família ou empresa.

COTE SEM COMPROMISSO!
Descubra o melhor plano para você ou sua família

Nome:

Publicidade

Plano de saúde familiar

Para escolher um plano de saúde, existem algumas variáveis, dentre elas a modalidade: com ou sem coparticipação.

Essa modalidade de contratação pode ser feita tanto com um CPF quanto um CNPJ. Assim, pessoas da mesma família farão parte de um único contrato e poderão ser atendidas pelos mesmos médicos, clínicas e hospitais oferecidos pelo plano.

Dessa forma, você conseguirá manter todos seguros e garantir mais qualidade de vida para a sua família.

O que levar em consideração na escolha do plano de saúde familiar?

Antes de contratar o seu plano é preciso saber que todos, titular e dependentes, contarão com as mesmas coberturas. Então, é preciso atenção aos serviços que serão contratados para garantir o bem-estar de todos.

Uma dica é levar em consideração as necessidades de todos os dependentes do plano de saúde familiar. Por exemplo, se você tem um pai com problemas cardíacos, opte por um plano que garanta cobertura para os exames que ele precisa fazer com frequência.

Caso você queira um plano de saúde que atenda crianças, as melhores opções são aquelas com clínicas e hospitais próximos de sua casa, com área de pediatria e pronto-socorro 24 horas.

Como o plano de saúde familiar pode ser personalizado, as coberturas comuns são para consultas médicas, exames laboratoriais e internações.

Além disso, esse tipo de plano também conta com carência, com prazos que poderão variar de acordo com a operadora do plano de saúde. Porém, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determina prazos máximos. São eles:

  • 24 horas para situações de urgência e emergência
  • 300 dias para partos a termo
  • 180 dias para as demais situações

É importante saber também que o percentual de reajuste do valor do plano é limitado pela ANS.

Portanto, a atualização do valor ocorre anualmente e incide sobre um único contrato, contemplando todos os beneficiados, sem distinção de frequência de uso.

No momento da contratação, você também poderá considerar a coparticipação. Nesse caso, garantirá uma participação nas despesas de alguns procedimentos previstos em contrato, como exames, consultas e terapias.

Para tomar essa decisão, leve em consideração a frequência com que você e seus familiares costumam realizar atendimentos médicos.

Ainda pensando no valor do plano, você poderá optar por diferentes tipos de acomodação em caso de internação.

Quem pode ser dependente em um plano de saúde familiar?

Antes de considerar a contratação de um plano de saúde familiar, é importante saber quem poderá fazer parte do plano. Nessa modalidade, você poderá incluir:

  • Cônjuges: essa opção também é válida para união estável e casais homoafetivos.
  • Filhos: os filhos são vistos como dependentes até os 25 anos, portanto essa idade é levada em consideração para a maioria das operadoras. Inclusive, algumas empresas oferecem descontos para a contratação de um plano individual para o jovem acima dessa idade.
  • Pais, irmãos, tios e dependentes financeiros: nem todas as operadoras permitem esse tipo de inclusão. Por isso, verifique a informação antes de contratar o seu plano.

Vale ressaltar que apenas a inclusão de cônjuges e filhos são obrigatórias para qualquer operadora para esse tipo de plano de saúde.

Agora que você já sabe como funciona um plano de saúde familiar, ficou mais fácil escolher entre as operadoras disponíveis, não é?

Para facilitar ainda mais, você pode fazer uma cotação em nosso site, gratuita e sem compromisso. Dessa forma, você poderá comparar e escolher o plano que melhor atende às necessidades, garantindo mais segurança para você e sua família.

Publicidade

Publicidade

PLANO DE SAÚDE PARA TODOS
OS PERFIS DE CLIENTES

PLANO DE SAÚDE PARA TODOS OS PERFIS
DE CLIENTES

Publicidade

OPERADORAS

Trabalhamos com as mais conceituadas operadoras de PLANO DE SAÚDE do mercado.

LOCALIDADES